sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Detalhes

Sempre existe um detalhe no nosso dia que nos faz lembrar de alguém especial. Um perfume, um sorriso, uma gíria, um corte de cabelo, um gesto, um filme, uma música, qualquer coisa. Passamos a vê-la em todos os lugares. Mas nenhum desses detalhes, nos impressionam diante desse alguém especial. É como se todo o resto perdesse o tempero e o corte de cabelo só ficasse perfeito nela, ou a gíria, só seria irada, saindo no tom perfeito que somente aquela pessoa tem, ou ainda a camisa xadrez azul, fosse feita somente para ela usar, ou como se o crocs sem graça, virasse a última moda em Paris, pelo simples fato dela estar usando. É quase um crime sentir o perfume dela em outra pessoa. Você passa a apreciar cada detalhe dessa pessoa, mesmo sem querer. O sorriso... seu favorito, ninguém consegue chegar perto da perfeição daquele sorriso. A risada... Uma melodia ideal, nenhuma outro musica é tão perfeita quanto ouvir o som da risada dessa pessoa que não sai dos seus pensamentos . Ou ainda cada defeito que cuidadosamente, em doses certas, a tornam única e especial. Esse conjunto de detalhes te prendem uma única pessoa. E não adianta você tentar escapar para outra pessoa, pois sempre falta alguma coisa, nunca o momento é perfeito. E ainda que esteja tudo de acordo... os defeitos, ah! os defeitos que só ela tem, que a tornam única, vai estar faltando. Sempre haverá alguma coisa faltando. Não adianta querer fugir ou lutar contra o que sentimos, a única coisa a ser feita é tentar e arriscar. Entramos na luta com o não, mesmo que a resposta continue negativa, adquirimos uma experiência a mais em nossas bagagens da vida, mas se não tentarmos por medo de mais uma vez estar errado, nunca seremos surpreendidos com o doce sim. E nunca seremos um conjunto de detalhes únicos, para ela também. (E)

Nenhum comentário:

Postar um comentário