quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Por um fio.

Temos a mania de achar que tudo o que é sólido, é bom, é perfeito, é durável.
Mas quando o que é sólido se parte, se quebra. Não há nada que possa remenda-lo. Ao tentar remendar, não fica a mesma coisa. E o que era perfeito, agora tem uma marca, uma imperfeição.
Enquanto tudo o que está por um fio, por mais que pareça sempre estar próximo do fim, por mais que pareça que não vai mais dar,  a cada dia se tornar mais forte, mais bonito, arruma um jeito de superar as barreiras da incredulidade e ultrapassar os limites do tempo. (E)

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

O que fazer?

O que fazer quando tudo acaba?
O que fazer quando o coração já não tem forças para seguir e a esperança é apenas uma lembrança boa?
O que fazer quando o caminho a ser seguido está encoberto na densa nuvens de impossibilidades?
Simplesmente respira fundo e começa tudo de novo.
Comece com um novo olhar.
Comece com as experiências dos erros cometidos na primeira tentativa.
Comece com pensamentos positivos.
Simplesmente comece tudo de novo.
Comece do zero.
Comece, pois é o único jeito das coisas acontecerem na sua vida.
Comece, pois é depois do primeiro passo que o caminho vai surgindo.
Comece, pois Deus está te dando uma nova chance para tentar novamente e fazer as coisas darem certo.
E quando não houver mais caminhos a serem seguidos... Levanta, sacode a poeira, coloca um sorriso na cara e simplesmente comece tudo de novo. Pois é no começo de cada caminho que a nossa vida vai dando certo. (E)

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Des-Encontros

O amor e seus caminhos. Quem pode entender?
Somente os corajosos conseguem seguir esse caminho cheio de obstáculos, desafios, incertezas e desencontros. Somente eles conseguem, depois de muitos tropeços, encontrar o seu caminho.
Antes de chegar ao seu destino, todos passam pelo labirinto do desencontro.
As vezes chegamos primeiro, mas cansados de esperar seguimos nossas vidas e o primeiro desencontro acontece. Enquanto estamos seguindo, a pessoa tão amada chega atrasada e quando voltamos já não a encontramos lá.
Mas não se preocupe! Entre idas e vindas; encontros e desencontros, o amor sempre sabe o caminho a seguir. Sempre sabe o caminho a percorrer até o seu coração.
Mas para o encontro acontecer é preciso ser o momento certo. Antes disso não adianta se desesperar, o encontro acontece quando tem que acontecer.
Então siga seu caminho, pois o amor se encarrega de te encontrar (E)

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Pedacinho do céu.

Muitas vezes passam pessoas por nossas vidas que mudam a nossa história por completo. Eu por exemplo, as chamo de anjos.
Nunca fui de mudar quem sou por nada nem ninguém. Sempre tive minhas opiniões e ideais. Raramente abri mão do que eu achava ser o correto. Só depois de provado que não estava certa.
Mas esses anjos não precisam criticar, nem falar nada. Eles têm o dom de a cada dia, despertar o nosso melhor.
E não mudamos porque nos obrigam, mas simplesmente suas atitudes nos fazem ver que podemos ser melhor do que somos.
E a mudança vai acontecendo; e vamos deixando a mudança acontecer. Quando percebemos já não reconhecemos mais o nosso EU de um ano atrás.
Quando sentimos o toque desses anjos em nossas vidas, somos livres para mudar ou não, mas nunca mais seremos os mesmos. Porque por mais que continuemos com os mesmos ideais, com os mesmos sonhos e  opiniões. O toque deles mudam completamente o que sentimos, o jeito que vemos e vivemos a vida. Mudam nosso jeito de agir com os outros.
Eles deixam um pedacinho deles dentro de nós. Por isso, não conseguimos mais ser o que um dia fomos. (E)

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Lições de uma sábia senhora.

Ela um dia acreditou em contos cinderelescos, com seus felizes para sempre e finais alegres.
Nunca quis um príncipe encantado, porém sempre sonhou com o cara errado. Errado para a tão exigente sociedade, mas perfeito para ela.
Sim, ela um dia sonhou com o amor de Noah e Allie (Diário de uma paixão). Um amor que quebrasse barreiras, que ultrapassasse preconceitos e paradigmas. Que fosse intocável pelo tempo mas palpável por todos que a observasse.
Contudo, a vida lhe ensinou logo cedo que as coisas não acontecem como a gente espera. Que a vida não segue o tão planejado roteiro elaborado por nós. As coisas simplesmente seguem seu curso natural, acontecendo quando e como devem acontecer; sem data e nem hora marcada.
Ela estava cansada de tentar entender. Ela estava cansada de lutar por algo que parecia existir somente nos roteiros de Hollywood, a tal felicidade.
Ela decidiu aquietar seu coração. Foi quando enfim, não mais agendando os acontecimentos, que a própria vida se encarregou de fazer todas as coisas em seu devido tempo.  Logo entendeu que no tempo certo as coisas são perfeitas, por isso não é necessário se desesperar nem correr, as coisas chegam até você.
Ela compreendeu que a felicidade é simples. É viver e deixar acontecer.
Hoje com oitenta e dois anos, ela pode me dizer que alcançou a felicidade e teve a vida que sempre sonhou, mesmo não sendo o roteiro desejado.
Com um leve sorriso nos lábios e olhos saudosos de tempos que não voltariam mais, ela me disse: Filha não se preocupe, mesmo quando a vida parece uma grande incógnita. É possível viver momentos tão especiais que jamais pensamos em viver. E de uma forma surpreendente e diferente, ela vai realizando o que um dia sonhamos. Simplesmente viva e deixe a vida seguir. (E)

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Choque inevitável!

Pode imaginar um turbilhão de sentimentos ( confusão, felicidade, certeza, incerteza, medo, insegurança, coragem) cada um deles acontecendo em um milésimo de segundo?
Eu sinceramente não sei o que é e nem consigo explicar, mas alguém me disse que isso é amar.
Ah! Tão lindo o amor, tão orgulhosa eu. Acostumada a sempre resistir e o amor a nunca desistir. Onde iremos chegar?
Dois corações orgulhosos, nenhum disposto a ceder, talvez por temer a ilusão ou por medo da rejeição. Mas numa distração, um teimoso coração que está cansado de teimar, esquece seu orgulho e mesmo que de forma errada e desesperada, demonstra sua afeição.
No caminho estreito, o choque é inevitável, mas na jornada com o amor é mesmo assim. Apenas uma decisão, ou você acaba com o orgulho ou o orgulho acaba com  o amor. (E)