sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Lições de uma sábia senhora.

Ela um dia acreditou em contos cinderelescos, com seus felizes para sempre e finais alegres.
Nunca quis um príncipe encantado, porém sempre sonhou com o cara errado. Errado para a tão exigente sociedade, mas perfeito para ela.
Sim, ela um dia sonhou com o amor de Noah e Allie (Diário de uma paixão). Um amor que quebrasse barreiras, que ultrapassasse preconceitos e paradigmas. Que fosse intocável pelo tempo mas palpável por todos que a observasse.
Contudo, a vida lhe ensinou logo cedo que as coisas não acontecem como a gente espera. Que a vida não segue o tão planejado roteiro elaborado por nós. As coisas simplesmente seguem seu curso natural, acontecendo quando e como devem acontecer; sem data e nem hora marcada.
Ela estava cansada de tentar entender. Ela estava cansada de lutar por algo que parecia existir somente nos roteiros de Hollywood, a tal felicidade.
Ela decidiu aquietar seu coração. Foi quando enfim, não mais agendando os acontecimentos, que a própria vida se encarregou de fazer todas as coisas em seu devido tempo.  Logo entendeu que no tempo certo as coisas são perfeitas, por isso não é necessário se desesperar nem correr, as coisas chegam até você.
Ela compreendeu que a felicidade é simples. É viver e deixar acontecer.
Hoje com oitenta e dois anos, ela pode me dizer que alcançou a felicidade e teve a vida que sempre sonhou, mesmo não sendo o roteiro desejado.
Com um leve sorriso nos lábios e olhos saudosos de tempos que não voltariam mais, ela me disse: Filha não se preocupe, mesmo quando a vida parece uma grande incógnita. É possível viver momentos tão especiais que jamais pensamos em viver. E de uma forma surpreendente e diferente, ela vai realizando o que um dia sonhamos. Simplesmente viva e deixe a vida seguir. (E)

Nenhum comentário:

Postar um comentário