segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Palavras não ditas!

Devia ter te dito tantas coisas quando tive a chance. Mas era tão infantil meu jeito de amar que sem perceber te deixei partir magoado por minhas palavras não ditas.
Tinha tantas coisas para te dizer, mas deixei o tempo passar. Sei que agora é tarde, mas precisava dize-las mesmo assim.
De todas as coisas que tenho a dizer, a principal é: me desculpa.
Me desculpa por não dizer o quão lindo eu achava o seu sorriso. Me desculpa por não dizer o quão boa era a sua companhia. Me desculpa por não dizer que... sim, eu te queria em minha vida. Me desculpa por dizer que não te amava, sendo que não passava de uma mentira infantil. Sim, eu também te amava. Me desculpa por ser infantil. Me desculpa por querer sempre ter razão. Me desculpa por só te criticar. Me desculpa por não tentar entender. Me desculpa por não ter te apoiado. Me desculpa por ter tido medo.
Sei que ter medo, todos temos, mas o meu medo te magoou e te deixou partir. Por isso te peço: me desculpa.
Agora posso te deixar ir de vez e guardar só nossas doces lembranças. Espero que você esteja feliz e que ela não cometa os mesmos erros que eu. Espero que quando necessário, ela saiba se desculpar, e que sempre diga o quão importante você é.
Essas são minhas palavras não ditas: me desculpa por não me desculpar. Simplesmente me desculpa. (E)

Nenhum comentário:

Postar um comentário