sábado, 4 de junho de 2016

Carta de Despedida

Essa é apenas uma carta de despedida. 
Então te desejo tudo de bom, que você seja feliz. Que seu sorriso seja... Nossa! Faz tempo que não te vejo! Desejo que...
Faz realmente muito tempo que não te vejo. Mas tenho a certeza de que foi melhor assim. Te perdi por minha imaturidade. Por não saber demonstrar que te amava. Por orgulho de não pedir para você ficar, mas realmente te deixar partir foi o melhor.
Você foi embora e nunca olhou para trás. Admiro isso! Dizer que não senti sua falta e que ainda não sinto, seria mentira, assim como todos esses anos passei mentindo para mim mesma, dizendo que tinha encontrado alguém para te substituir.
No fundo eu sabia que eu queria que aquele sorriso, ou o corte de cabelo maneiro fosse seu. Sabia que a blusa xadrez azul, que eu tanto amava, ficaria mil vezes melhor em você, mas isso não vem ao caso. O que mesmo vai mais em uma carta de despedida?
Ah! Sim, Desejo que seus sonhos...
Não que ele não fosse um cara legal, não me entenda mal. Eu o amei pelos motivos errados. Eu o amei porque ele era seu oposto. Porque ele não tinha nada que me fazia lembrar você. E quando ele foi embora, tive que encarar a dura realidade de que eu ainda te am... Desculpa, precisava justificá-lo e concluir o pensamento. 
Vamos continuar...
Fui corajosa o bastante para te deixar ir. Agora, tenho que ser corajosa o suficiente para seguir em frente.
Você foi uma das parte mais bonitas de mim. Digo até que uma das partes preferidas também. Sempre lembrarei com carinho, mas precisamos seguir nossos caminhos. Puxa vida! Como espero que por um descuido da vida, poder te esbarrar uma última vez, nem que seja por apenas sessenta segundos, só para poder olhar seu sorriso, o brilho do seu olhar, sentir seu cheiro e ouvir a sua voz. Ou quem sabe a vida pudesse te trazer por um período um pouco maior? Para podermos ser bons conhecidos, sei que bons amigos seria difícil, mas poder falar novamente com você já seria um bom começo! Eu não sei o que o futuro reserva para nós, talvez tudo, talvez nada. Só saberei deixando o tempo seguir. Ops! Mas entendo perfeitamente que temos que seguir em frente e provavelmente você não volte mais. Tudo bem! É a vida não é? 
Sei que dizem que não há apenas uma pessoa que se encaixa "perfeitamente" em nossas vidas e concordo, por isso estou seguindo em frente, mas realmente sinto que é você! Juro! já tentei de todas as maneiras te tirar do meu coração, mas de uma forma estranha, você continua lá. Algo não me deixa desistir de você.
Hum! Olha eu perdendo o foco de novo...
Sim confesso. gostaria de tê-lo aqui outra vez. 
Estou bem diferente. Passei por muitos tombos, tenho muitas cicatrizes, mas sou uma sobrevivente. Estou uma bagunça imensa, mas já estou colocando as coisas no lugar e você é uma das coisas que tenho que colocar um ponto final, guardar numa caixinha de recordações e deixá-lo numa prateleira bem no alto do meu coração,  aquela prateleira que a gente quase não mexe.
Acredito que passamos o que tínhamos que passar um afastado do outro porque as coisas teriam saído do nosso controle e ficariam ainda pior, nós teríamos nos machucado mais profundamente.
Olha só que descuido o meu! Vou ser objetiva e manter o foco daqui pra frente.
Como eu disse no começo, é apenas uma carta de despedida, então, te desejo coisas, que você seja feliz e encontre alguém que faça parte da sua felicidade. desejo paz, saúde, amor recíproco. Que Deus te fortaleça para você conquistar seus sonhos e objetivos. Que você tenha bons amigos que possa contar. Te desejo tudo de bom sempre.
P.S.: Ignore as palavras desse coração teimoso que insiste em dizer que te ama e tem esperança que no futuro  você escolherá ele novamente. Ele ficará bem! Eu prometo! Não é nada demais!E mais uma vez, é apenas uma carta de despedida, então, adeus! (E)

Nenhum comentário:

Postar um comentário